Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Em preparação à Romaria - 7º dia: Novena de N. Sra. da Salette

Publicado em MARCELINO RAMOS
Lido 86 vezes
Avalie este item
(0 votos)

 

7° Dia: 16/09/2017

As maravilhas de Cristo na alegria da partilha.

 

RITOS INICIAIS

Animador: Irmãos e irmãs!  Vamos louvar e agradecer a Deus por nos reunir nesta noite, para o sétimo encontro da novena em honra a Nossa Senhora da Salette. Sejam todos bem-vindos!

 Hoje a mesa da Palavra é muito farta para a nossa reflexão e vivência cristã. Ela nos convida a pensar sobre a partilha e a solidariedade como um ato primordial de quem quer ser caridoso. Iniciemos o nosso encontro fraternal cantando:

v  Procissão

v  Saudação Inicial

v  Ato Penitencial

v  Glória

v  Coleta

LITURGIA DA PALAVRA

Animador: Jesus é a Palavra viva de Deus, expressa na Escritura e agora feita homem. Nele, toda a Escritura ganha nova vida e de novo se oferece como alimento para a multidão faminta, que peregrina como ovelhas sem pastor. Não depende de nós, discípulos, a qualidade desse alimento que se oferece e atrai as pessoas. Ele é sempre o melhor e ultrapassa em muito a fome dos que o buscam. É por causa d’Ele que as pessoas vêm e não por nós. Mas, uma vez alimentados pelo Mestre, é nossa responsabilidade propagar esse alimento e distribuí-lo aos irmãos e irmãs, até que se fartem.

PRIMEIRA LEITURA - At 4,32-37

Leitura dos Atos dos Atos dos Apóstolos: 

A multidão dos fiéis era um só coração e uma só alma. Ninguém considerava como próprias as coisas que possuía, mas tudo entre eles era posto em comum.

Com grandes sinais de poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus. E os fiéis eram estimados por todos.

Entre eles ninguém passava necessidade, pois aqueles que possuíam terras ou casas,

vendiam-nas, levavam o dinheiro, e o colocavam aos pés dos apóstolos.

Depois, era distribuído conforme a necessidade de cada um. José, chamado pelos apóstolos de Barnabé, que significa filho da consolação, levita e natural de Chipre, possuía um campo.

Vendeu e foi depositar o dinheiro aos pés dos apóstolos.

Palavra do Senhor.Graças a Deus.

RESPONSORIAL – Sl92

Deus é Rei e se vestiu de majestade.

Glória ao Senhor, glória ao Senhor.

1. Deus é Rei e se vestiu de majestade,

revestiu-se de poder e de esplendor!

2. Vós firmastes o universo inabalável,

vós firmastes vosso trono desde a origem,

desde sempre, ó Senhor, vós existis!

3. Verdadeiros são os vossos testemunhos,

refulge a santidade em vossa casa,

pelos séculos dos séculos, Senhor!

 

EVANGELHO – Mc 6,34-44

O Senhor esteja convosco.

Ele está no meio de nós.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor.

Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas. Quando estava ficando tarde, os discípulos chegaram perto de Jesus e disseram: 'Este lugar é deserto e já é tarde. Despede o povo, para que possa ir aos campos e povoados vizinhos comprar alguma coisa para comer.'

Mas, Jesus respondeu: 'Dai-lhes vós mesmos de comer.'

Os discípulos perguntaram: 'Queres que gastemos duzentos denários para comprar pão e dar-lhes de comer?'

Jesus perguntou: 'Quantos pães tendes? Ide ver.'

Eles foram e responderam: 'Cinco pães e dois peixes.'

Então Jesus mandou que todos se sentassem na grama verde, formando grupos.

E todos se sentaram, formando grupos de cem e de cinquenta pessoas.

Depois Jesus pegou os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos para o céu,

pronunciou a bênção, partiu os pães e ia dando aos discípulos, para que os distribuíssem.

Dividiu entre todos também os dois peixes.

Todos comeram, ficaram satisfeitos, e recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e também dos peixes.

O número dos que comeram os pães era de cinco mil homens.

Palavra da Salvação. Glória a vós, Senhor.

 

HOMILIA...

ORAÇÃO DA ASSEMBLEIA

Padre:Maria é para nós modelo de fidelidade e nos ensina que a partilha fraterna é parte do testemunho e exemplo de todos os seguidores de Jesus. Rezemos pedindo a sua intercessão:

Interceda por nós a Mãe de vosso Filho.

1- Participando da Igreja e como membros dela no mundo, rezemos pelo Papa Francisco, pelos bispos, por todos os religiosos, religiosas e leigos; que sejam verdadeiros semeadores da Palavra e assim saibam partilhar e multiplicar os dons que receberam, levando os fiéis à conversão sincera, rezemos.

2-  Vivendo numa sociedade com tantas injustiças, rezemos pelas necessidades da humanidade, por todos os desempregados, prostituídos, drogados, excluídos, marginalizados e famintos; que saibamos acolher, dividir e saciar a fome e a sede de tantos sofredores em nosso meio, rezemos.

3- Vivendo num mundo de incredulidade, rezemos pelas autoridades governamentais dos três poderes (executivo, legislativo e judiciário); para que usem suas funções administrativas em favor dos menos favorecidos e que suas ações sejam favoráveis ao acolhimento e à partilha, rezemos.

4-  Que Nossa Senhora da Salette nos ajude a viver em comunhão fraterna, espalhando a paz, a fraternidade e o amor. Que o mundo moderno reconheça em Jesus Cristo, filho de Maria, o Caminho que deve ser seguido e anunciado, rezemos.

Padre: Senhor, pela intercessão da Virgem Maria, mãe de vosso Filho, atendei as súplicas que vos dirigimos, por Cristo Senhor nosso. Amém.

 

LITURGIA EUCARÍSTICA

Animador: Assim como Jesus se compadeceu da multidão, também na nossa vocação cristã somos chamados a ter compaixão do povo, sobretudo o sofredor. Nossa vida cristã deve conduzir-nos à prática da misericórdia para com os irmãos. Esse é o grande testemunho de que o mundo precisa, e é uma exigência que brota das palavras de Jesus no seu Evangelho: “Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor”. O milagre da multiplicação dos pães se chama misericórdia e compaixão, perdão, partilha, justiça, amor e paz.

v  Oração Eucarística

v  Rito da Comunhão

v  Silêncio

v  Oração pós Comunhão

MOMENTO MARIANO

Padre: “Nunca vistes trigo estragado, meus Filhos? ” - Estas palavras de Maria tocam o nosso coração, mas também ela nos convida a recordar tantas situações que leva o povo a ver trigo estragado, causado pela indiferença que assola nossa sociedade. Assim, temos que nos perguntar: “Nunca vistes famílias passando fome, hospitais lotados sem recursos, escolas sem infraestruturas, jovens e crianças prisioneiras das drogas; ou ainda homens e mulheres desempregados? Pior ainda, nunca vistes corrupção dos governos?”. Estes e outros são os trigos estragados de hoje!

Diante a imagem da Virgem Mãe da Salette, que ainda hoje chora pelos “trigos estragados” que assolam a nossa sociedade, rezemos pedindo a mãe de Jesus a conversão de nosso coração: LEMBRAI-VOS...

LEMBRETES

 

BÊNÇÃO FINAL

 

Mais Lidas

Advento: Significado e origem

04 Dez 2017 Notícias Salette

O tempo do Advento

04 Dez 2017 Notícias Salette

A lição da humildade: Maria e José

05 Dez 2017 Notícias Salette